Será que é hora de engravidar?

O que é verdade?

Embora as autoridades de saúde tenham manifestado opiniões contraditórias, entre evitar ou não a gravidez ao longo da epidemia do vírus Zika, a Huntington Medicina Reprodutiva entende que é verdadeira a ligação da infecção congênita pelo Zika vírus e a microcefalia.

A hora da decisão.

Realizar um planejamento familiar é algo muito importante na vida de todos. Contudo, para uma decisão verdadeira, é necessário analisar uma série de ponderações:

1 – Decidir engravidar deve ser uma decisão discutida e planejada com o seu médico. Cada caso deve ser individualizado, pois a solução definitiva para evitar a influência do zika vírus na gravidez não deve ser conhecida em menos de 03 anos.

2 – Antes de se tomar uma decisão, é importante conhecer o potencial reprodutivo de cada casal, tenha ou não qualquer história de infertilidade. Para isto é necessária a mínima investigação em todos, antes de simplesmente evitar a gravidez.

3 – É mandatório lembrar que entre todos os fatores que determinam o sucesso para uma gravidez, idade da mulher é o mais importante, pois reflete a capacidade do óvulo em produzir embriões viáveis. Deste modo, após os 35 anos, todas as mulheres deveriam pensar em formas de tentar preservar a fertilidade, quer sejam o congelamento de óvulos ou o congelamento de embriões, a depender de cada situação específica. Logo, adiar a gestação neste fase, pode trazer consequências irreversíveis.

Mesmo para mulheres ou casais que não apresentam infertilidade diagnosticada, o adiamento da gestação poderia trazer dificuldades futuras, e portanto a avaliação da fertilidade é indicada.

A Huntington possui um programa de Check up da Fertilidade, que oferece ao paciente a oportunidade de avaliar o seu potencial reprodutivo e discutir com nossa equipe médica sobre eventuais terapias para preservar sua fertilidade.