Super-ICSI

Super-ICSI ou IMSI é um tratamento semelhante à ICSI Convencional, mas que possibilita uma visualização mais precisa do espermatozoide a ser injetado no óvulo. Esta técnica possibilita um aumento superior a 6.300 vezes (daí o nome de SUPER-ICSI) dos espermatozoides. Regularmente o ICSI oferece um aumento de 400x. Isto é possível por meio de um sistema de alta resolução óptica acoplado ao microscópio.

Este aumento possibilita uma visualização dos vacúolos (estruturas deletérias ao espermatozoide) existentes principalmente na cabeça do espermatozoide. Esta análise é importante, pois segundo diversas pesquisas, tais vacúolos estão correlacionados a menores taxas de gestação e aumento na incidência de abortos precoces. Tal explicação se dá ao fato dos vacúolos poderem causar lesões na cromatina espermática, o que poderia interferir na integridade do embrião formado.

Desde seu primeiro relato de sucesso no ano de 2003, diversos estudos abordam a eficácia da utilização da Super-ICSI em comparação à ICSI tradicional. Contudo, um determinado grupo de homens/casais pode ser beneficiado com esta tecnologia. Basicamente indica-se o Super-ICSI para:

  • Fator masculino grave;
  • Falhas de implantação embrionária;
  • Baixa qualidade embrionária;
  • Porcentagem de fragmentação do DNA espermático anormal.