Programa Oncofertilidade Huntington

O Programa Oncofertilidade Huntington auxilia pacientes com diagnóstico de câncer a preservar a oportunidade da maternidade futura de forma rápida e eficiente, através da tecnologia utilizada nos tratamentos de reprodução assistida.

A busca por um tratamento adequado aumenta cada vez mais a chance de preservação da fertilidade em uma mulher que será submetida a um tratamento oncológico. A medicina reprodutiva evolui constantemente e estudar novas possibilidades para pacientes que querem engravidar, independente do motivo da dificuldade, tem sido uma premissa da área.

Antes do início de um tratamento oncológico (quimioterapia ou radioterapia), a preservação da fertilidade em homens e mulheres é algo muito importante a ser discutido e planejado com o seu médico. Procurar a ajuda de um especialista em reprodução assistida ajudará a entender como sua fertilidade pode ser afetada pós-tratamento e, com isso, planejar seu futuro reprodutivo.

O atendimento é voltado para homens e mulheres em idade reprodutiva e acompanhado integralmente por médico de reprodução assistida especializado em oncologia.

Este programa possibilita aos pacientes um atendimento individualizado e rápido, subsidiado em parte por parceiros da área da saúde e em parte pela própria Huntington, facilitando o acesso aos tratamentos.

Para o grupo Huntington, o tratamento oncológico é sempre prioridade e, por isso, juntos, avaliamos cada caso com muito cuidado e atenção, sempre respeitando todas as orientações do oncologista responsável.

O Oncofertilidade Huntington é referência mundial na preservação da fertilidade e está inserida no “Oncofertility Consortium” da Universidade de Northwestern, em Chicago, EUA, que regulamenta e referenda os melhores centros nesta área.

Existem algumas maneiras para preservar a fertilidade de homens e mulheres pré-tratamento oncológico. A escolha do método mais adequado deve ser feita em conjunto com seu especialista, em tempo hábil, sem prejudicar a saúde do paciente.

ETAPAS DO PROGRAMA

  • Consulta com médico de reprodução humana especialista em oncologia, que determina a melhor tática de preservação da fertilidade para cada caso, após contato com oncologista responsável.
  • Realização de exames e indicação do protocolo a ser realizado.
  • Coleta de óvulos, sêmen, retirada do tecido ovariano, entre outros.
  • Retorno ao oncologista para início do tratamento oncológico.