Ácido fólico

RECEBA NOSSOS PRÓXIMOS
CONTEÚDOS EXCLUSIVOS:

    Compartilhe este post

    Share on facebook
    Share on twitter
    Share on linkedin
    Share on whatsapp

    Toda mulher que pensa em engravidar, precisa ter a suplementação de ácido fólico pelo menos 3 meses antes de engravidar e continuar 3 meses depois.

    O ácido fólico é conhecido também como vitamina B9 ou ácido pteroilglutâmico. Ele pertence a família da vitamina do complexo B. Estudos mostram e comprovam que a ingestão adequada deste nutriente previne as chances do bebê ter alteração do tubo neural, o que evita a anencefalia (defeito congênito da formação do cérebro e da medula) e espinha bífida  (má formação dos ossos da coluna vertebral).

    A vitamina é absorvida pelo intestino. As reservas normais de ácido fólico no organismo se encontram no fígado (cerca de 5 – 10 mg) na forma de poliglutamato.

    folico

    As principais fontes alimentares são:

    –          verduras de cor verde escura como espinafre, aspargos, brócolis

    –          proteína animal: fígado, gema de ovo, vísceras

    –          tomate

    –          proteína vegetal: lentilha, feijão, ervilha

    –          frutas cítricas como laranja, caju, abacaxi

    –          farinha de trigo suplementada.

    A recomendação/dia é de 0,4 mg. Muitas vezes pode não ser atingida na alimentação do dia, por isso a suplementação.

    Se você planeje engravidar ou está no começo da gestação e ainda não suplementou com ácido fólico, busque orientação junto ao seu obstetra e inicie. É uma vitamina de extrema importância que pode colocar em risco o crescimento e desenvolvimento do bebê.

    243818_103833026373307_5360325_o

     Dra. Roseli Ueno Ninomiya, nutricionista do Grupo Huntington

    Para ler

    Em seguida