Inseminação Artificial e Fertilização in vitro: Qual a diferença?

RECEBA NOSSOS PRÓXIMOS
CONTEÚDOS EXCLUSIVOS:

    Compartilhe este post

    Share on facebook
    Share on twitter
    Share on linkedin
    Share on whatsapp

    Quando falamos de tratamentos para infertilidade, certamente os mais conhecidos são a fertilização in vitro e a inseminação intrauterina. Mas você sabe qual a diferença entre eles?⠀

    A inseminação intrauterina (conhecida também como inseminação artificial), consiste, basicamente, em cortar o caminho percorrido pelos espermatozoides, quando a mulher apresenta problemas para que eles cheguem ao óvulo ou a quantidade de espermatozoides no sêmen é baixa. Para isso, o sêmen é preparado e introduzido diretamente na cavidade uterina. Assim, a corrida até o óvulo ocorre mais facilmente.⠀

    Já na fertilização in vitro, ou FIV, a fertilização se dá fora do corpo da futura mãe. Após estimulação, os óvulos produzidos são aspirados por uma agulha e fertilizados em laboratório, com o sêmen do parceiro ou doador. Após sua fertilização, o futuro embrião é mantido em uma estufa, onde começa a ocorrer a divisão celular, até estar pronto para a transferência para o útero.⠀

    inseminação

    inseminação 1

    Fiv1

    Inseminação 3

    Para ler

    Em seguida