O mês das Mamães

RECEBA NOSSOS PRÓXIMOS
CONTEÚDOS EXCLUSIVOS:

    Compartilhe este post

    Share on facebook
    Share on twitter
    Share on linkedin
    Share on whatsapp

    desenho_pra_mamaeDepois de passado o Dia das Mães percebo que esta data com certeza mexe com a emoção da grande maioria das mulheres. Desde aquela que deseja muito ter um filho, as grávidas, as mães, as mães de anjos, e até as mães que passam por uma depressão pós-parto. Passei por todas essas etapas no Dia das Mães, por isso queria falar um pouquinho sobre elas.

    Quem está desejando engravidar fica muito sensível e muitas vezes se sente triste e pressionada por ainda não ter seu filho para comemorar essa data. Ouvimos comentários do tipo: “e o seu bebê não vem?”. A frustração também é um sentimento comum, pois o tempo está passando e ainda não aconteceu a gravidez tão esperada.

    Se você está passando por isso, não se sinta menor. Você é mãe, sim, na mente e no coração, e você ai conseguir! E quando conseguir você terá a certeza que realmente já era mãe na alma. Pois você lutou, sofreu e não desistiu! Sua maior conquista está por vir, e virá!

    Quem está grávida é pura felicidade, pois já é mãe, mesmo o bebê ainda não estando no seu colo. Com certeza, você vai comemorar muito este mês especial, não é? Ah e se você que está lendo esse post tem alguma grávida por perto não esqueça de dar um parabéns para ela :-).

    Papais, por favor, não esqueçam, tudo que a sua esposa espera é que você já a considere uma mamãe! Amiga ‘barriguda’, comemore muito e aproveite muito cada momento de sua gravidez. Esse bebê vai chegar para ganhar seu amor incondicional e encher sua vida de felicidades.

    Quem já redesenho-amamentacaoalizou o sonho de ser mãe, com certeza esperou ansiosamente para comemorar esta data. Não pela espera de um presente, pois o melhor presente de todos você já tem nos braços, mas sim pelos cartõezinhos feitos com o amor, com o dizer mais perfeito de todos: ‘Mamãe, eu te amo!’, os sorrisos, os abraços, os beijos, uma flor naquela mãozinha mais perfeita. Amor maior não existe!

    Quem é mãe, mas perdeu seu filho, tem uma dor inexplicável, pois tudo que mais queríamos no mundo era ter nosso filho com a gente. Se você tem alguma mamãe de anjo por perto, não faça comentários, não lamente, apenas abrace e dê todo carinho que ela merece. Amiga, se você é mãe de um anjo deixo meu abraço, meu colo e muitas energias positivas. Cada uma tem sua crença, mas tenha certeza que seu filho sempre viverá em você!

    Quem já é mãe, mas passa por uma depressão pós-parto, nem sempre consegue se sentir feliz. Sei que é muito difícil não se culpar, mas não se culpe, realmente a culpa não é sua, é algo clínico. Se você tem uma mãe em DPP por perto, não cobre, não tente entender, nem ela mesma entende. Apenas dê apoio, carinho e compreensão. Se você ainda não buscou ajuda, faça logo, não deixe piorar, pois seu bebê precisa muito de você bem!

    Deixo aqui minha homenagem a todas essas mulheres, mães, guerreiras, lutadoras…

    Ale-Nunes-150x150.jpg

     

     

     

    Alê Nunes, mãe e blogueira.

    Para ler

    Em seguida