A ansiedade e a fertilidade não são bons companheiros.

RECEBA NOSSOS PRÓXIMOS
CONTEÚDOS EXCLUSIVOS:

    Compartilhe este post

    Share on facebook
    Share on twitter
    Share on linkedin
    Share on whatsapp

    Qual a tentante que já não ouviu algo do tipo “relaxa que você engravida”. Acho que esta é uma das coisas que a gente mais ouve nessa fase. Mas por que se fala tanto nisso? Será que realmente a ansiedade pode atrapalhar?

    Bom, pelo que leio e vivencio, sim, pode atrapalhar bastante. Parece meio óbvio que o emocional tem uma grande influência sobre a nossa saúde física, só que como não ficar ansiosa? Isso realmente acho que é impossível para uma tentante pois não temos um botão liga e desliga de ansiedade.

    Mas então, o que fazer? Solução mágica não existe, mas tem algumas dicas que acho que podem ajudar a controlar um pouco essa vilã chamada ansiedade:

    – Pratique alguma atividade física. Além de ser bom para a saúde, ajuda a aliviar as tensões e o estresse.

    – Evite contar que vocês estão querendo engravidar, pois as pessoas sabendo vão perguntar e isso acaba sendo mais uma fonte de pressão.

    – Namore sem compromisso! Eu sei, é muito complicado não ligar uma coisa na outra, mas a gente tem que tentar. Namorar se refere a passear juntos, cutir um filminho, viajar, enfim aproveitar mais o relacionamento que pode ficar bem abalado com toda essa pressão.

    – Procure realizar atividades que ajudem a relaxar e que você goste. Uma massagem terapêutica, um bom livro, conversa com amigos, uma dança, …

    – Evite pensamentos negativos do tipo “todo mundo engravida, menos eu”, “acho que nunca vou conseguir”, “vou desistir”, …

    – Tente evitar situações de estresse e diminuir as que existem no seu dia-a-dia.

    – Aprenda a respirar melhor, respirar fundo, aquela de encher os pulmões expirando pelo nariz e soltando com vontade pela boca, ajuda muito, principalmente naqueles momentos de crise, que você não está conseguindo relaxar de jeito nenhum.

    – Alimente-se bem, de forma saudável, evitar muito açúcar, fritura e cafeína. Nessa fase também pode ser uma boa cuidar da alimentação, pois esses alimentos além de contribuirem para o ganho de peso, fazem a gente ficar mais agitada.

    – Converse com o seu marido, partilhe esse momento, ouça o que ele sente, usem isso para se unir ainda mais, pois essa fase não é só da mulher, é do casal. Quanto mais vocês se fortalecerem mais fácil vai ser passar por isso.

    – Fazer consultas regulares ao médico e expor suas dúvidas é sempre importante. Se sentir bem acompanhada também é fundamental nessas horas.

    Se mesmo tentando de tudo, você perceber que está demais, que você não está conseguindo lidar com tanta ansiedade, converse com seu médico. Talvez buscar uma terapia ajuda bastante. Afinal, tratar do emocional também é muito importante e não desmerece ninguém, eu mesma fiz e recomendo!

    Ale-Nunes-150x150.jpg

     

     

     

    Alê Nunes, mãe e blogueira

     

    Para ler

    Em seguida