Reversão de Vasectomia

img-reversao-de-vasectomia

Quando um casal decide não ter mais filhos, apesar dos métodos contraceptivos seguros e permanentes de controle de natalidade, muitos homens optam pela vasectomia, cirurgia simples e eficiente que possibilita a esterilização masculina. Com o avanço da Medicina Reprodutiva, é possível reverter este quadro.

A reversão de vasectomia consiste em um procedimento cirúrgico realizado através de uma pequena abertura da bolsa testicular. Com auxílio de microscópio, é feito o realinhamento do canal (deferente) ligado na vasectomia. A anestesia aplicada é por meio de bloqueio raquidiano e o paciente tem alta no mesmo dia. Este método não submete a mulher a nenhum tratamento. As chances de gravidez múltipla diminuem e as de ocorrer uma concepção naturalmente aumentam.

O que é vasectomia? Qual o procedimento?

A vasectomia, também chamada de deferentectomia, é um método cirúrgico de contraconcepção gerado através do bloqueio de saída dos espermatozoides. Com este procedimento eficiente, rápido e seguro, o homem torna-se estéril. O órgão genital masculino possui um canal que sai de um órgão adjacente ao testículo, o canal deferente, responsável pelo escoamento dos espermatozoides. A vasectomia fecha este canal e evita a passagem dos gametas para o sêmen. A operação dura cerca de 20 minutos e não necessita de internação hospitalar.

No Brasil, de acordo com o Artigo 10 da lei 9.263, é necessário que o paciente tenha no mínimo 25 anos e pelo menos dois filhos para realizar a técnica. É verdade?

Sim. É necessário que o interessado tenha mais de 25 anos e pelo menos dois filhos vivos.

É possível revertê-la?

Na maioria dos casos sim, porém, é importante assegurar-se das condições em que a cirurgia foi realizada. Não é possível definir com exatidão, pois o procedimento é realizado por outro médico. É importante orientar o paciente que, quanto mais tempo, maior será o risco de não dar certo. Por isso, é necessário levar em conta os anos que se passaram desde a cirurgia até o momento da reversão.

Quais as chances de sucesso?

Os melhores resultados ocorrem quando a reversão é feita com menor tempo. Nos casos em que o procedimento é realizado em até três anos, as chances de obter espermatozoides na ejaculação é de 90% e de não gravidez é na ordem de 76%. Depois desse período até oito anos, as oportunidades de reversão caem para 53%; dos oito aos 14, chegam a 44% e, a partir dos 14, para 31%. Sempre existe risco de não dar certo. Por este motivo, quanto mais cedo o paciente decidir fazer a reversão, melhor.

Como é feita a reversão?

A microcirurgia é considerada a mais eficiente técnica. Religa-se o canal diferente que foi cortado com auxílio de microscópios, pinças delicadas, fios de sutura e microscópio de última geração.

Quanto tempo após a vasectomia o homem pode fazer exames e descobrir se o procedimento deu certo?

Estima-se que cerca de dois meses, o equivalente entre 15 e 20 ejaculações.

Quanto tempo após a cirurgia pode-se retomar as relações? O procedimento interfere no desempenho sexual masculino?

O homem pode voltar a ter relações em uma semana, em média, ou após os pontos caírem. A operação não interfere no desempenho durante o coito.

Quais são os cuidados necessários antes de realizar a reversão de vasectomia?

O paciente precisa passar um pré-operatório, com uma série de exames para checar a existência de doenças, como hidrocele, varicocele, hérnia ou tumor de testículo, para que sejam tratadas antes. Além disso, é fundamental que haja jejum de oito horas.

Qual o papel da Reprodução Assistida na técnica de reversão?

Nos casos em que existem complicações (obstruções secundárias, processos inflamatórios importantes, etc.), que tornam o procedimento de reversão mais complicado, recomenda-se a utilização de técnicas específicas de punção de espermatozoides em tratamentos de reprodução humana assistida. Por meio do PESA, são recuperados gametas diretamente dos testículos e posteriormente injetados no oocito.

Após quanto tempo a parceira pode engravidar?

A partir da primeira relação sexual.

O principal motivo dos homens recorrerem à reversão é a possibilidade de ter outros filhos dentro do segundo ou terceiro casamento?

Em sua maioria, acontece para que o homem possa ser pai novamente. Existe também a possibilidade de reversão devido a dores geradas durante a ejaculação. Ela é bastante rara, mas pode acontecer.